Se você cresceu nos anos 70 e 80 como um amante da música negra, Rod Temperton tem um lugar especial em seu coração e você não sabe. Como tecladista e compositor da banda Heatwave, Temperton garantiu firmemente seu lugar na história da música. Na história por trás da música de hoje, vamos contar a história de uma música que ele pretendia gravar com sua banda, mas acabou sendo gravada por outro artista e fez parte de um dos álbuns mais importantes de todos os tempos. Temperton nasceu na pequena cidade de Cleethorpes, no norte da Inglaterra, e começou sua vida profissional como pescador. Mas logo ele foi fisgado também, e pela música. Depois de se mudar para Wurms, na Alemanha, ele respondeu a um anúncio no jornal musical chamado Melody Maker, de uma banda que procurava um tecladista. Essa banda se tornou a banda internacionalmente conhecida Heatwave, e Rod Temperton começou a escrever músicas para o primeiro álbum do grupo, que foi lançado em 1976. Chamado Too Hot To Handle, o álbum incluía os grandes sucessos internacionais, "Boogie Nights" e "Always and Forever. " Dois anos depois, eles lançaram outro álbum de sucesso, Central Heating, e o sucesso das paradas, "The Groove Line". O superprodutor Quincy Jones era um admirador do Heatwave e se ofereceu para produzir e empresariar a banda, como fez com os Brothers Johnson. Mas, o negócio acabou não saindo, Quincy ele estava muito ocupado com encomendas e novas produções em seu estúdio e acabou declinando do trabalho com Heatwave. Contudo, ele viu em Temperton um grande compositor. Então, Quincy pediu Temperton para enviar uma música para o primeiro LP "adulto" de Michael Jackson, que Jones estava prestes a produzir. Quincy estava gravando o álbum em Los Angeles com Michael Jackson, enquanto Rod estava no meio da gravação do terceiro álbum do Heatwave, Hot Property, diuturnamente em Nova York. Falar não para Quincy Jones seria muita falta de juízo, ninguém recusou um convite do mestre! Foi então que Temperton concordou em voar para L.A. no fim de semana e trabalhar em três composições, esperando que Quincy escolhesse uma para o álbum. Temperton era conhecido por sempre ter dezenas de canções inacabadas na gaveta. Ele estava brincando com uma música em particular já havia algum tempo, e esperava que fosse gravada no álbum Heatwave's Central Heating. Os integrantes da banda acabaram escolhendo outras músicas e deixaram para trás" Rock with You". A música ainda não tinha letra, era apenas uma melodia.

Ouça agora a demo mostrada por Temperton a Quincy Jones:
Rod Temperton apresentou essa música junto com outras duas e ficou chocado quando Quincy Jones disse que usaria as três; que seriam chamadas de "Off the Wall" , "Burn this Disco Out, "e a música que Heatwave recusou," Rock with You. " Temperton voltou para Nova York para trabalhar no álbum Heatwave, mas sempre depois do expediente, trabalhava em cima dos arranjos das três canções escolhidas por Quincy Jones para o novo álbum de Michael Jackson. No fim de semana seguinte, ele voltou para L.A. e nem imaginava estar fazendo história, gravando um trio de faixas clássicas para o álbum que se tornaria um dos 10 maiores discos de todos os tempos. Ah, e aquela música que não entrou para o Heatwave? Bem, "Rock With You" se tornou o sucesso # 1 que ajudou a impulsionar o álbum Off The Wall, que ganhou 10 discos de platina, e ajudou a tornar Michael Jackson a maior estrela do mundo. Aqui está esse verdadeiro hino da música black mundial, tão atual agora quando foi lançada em 1979. Essa é a história por trás da música! Pesquisa: Chris Rizik by Soul Tracks Adaptação e Tradução: Marcelo Gergont